Loading...

Tecnologia: A Bússola para o futuro das organizações

Aos dias de hoje o uso da tecnologia tornou-se imperativo, pela necessidade de trabalhar, estudar, socializar e entreter. Temos imensas expectativas na tecnologia, e cremos que será uma bússola em muitos aspetos, nomeadamente: na ajuda para problemas de saúde, na ampliação e diversificação de fontes de alimentos à mitigação dos efeitos das alterações climáticas.

A tecnologia tem também um papel crucial em relação à sustentabilidade,

Inovações tecnológicas como Blockchain; Data Mining; Inteligência artificial; Internet of things e Análise preditiva estão a acelerar, ampliar e priorizar a sustentabilidade no mundo atual dos negócios.

Um dos maiores fabricantes do mundo a nível tecnológico, a HP, assenta a sua estratégia em três pilares: transformar o negócio num modelo circular sustentável; apostar na capacitação das pessoas e reforçar a resiliência das comunidades. Estas linhas orientadoras visam transformar o negócio num modelo mais eficiente, mais avançado, circular e de baixo carbono.

A tecnologia criou esperança para a humanidade pelo contributo que dá e continuará a dar. Tem possibilitado o avanço e aperfeiçoamento em todas as áreas humanas e segmentos de negócio, aumentando a eficiência dos processos

Perante a situação pandémica que vivemos a tecnologia possibilitou-nos, ainda que de uma forma virtual, manter o contacto com o mundo e adaptar as nossas vidas a este “novo normal”.

Permitiu às nossas organizações manter o negócio a funcionar, criar novas dinâmicas, e experimentar, talvez pela primeira vez, o teletrabalho. Esta dinâmica, embora tenha sido agora bastante acelerada pela situação atual que vivemos, já nos anos 80 era indicada por Toffler no livro “Alvin Toffler – Powershift”, onde apontava o teletrabalho como forma dominante nas relações laborais do futuro.

Sendo a tecnologia que possibilita a experiência do teletrabalho , embora que “forçado” pela conjetura atual, algumas organizações tiveram de se adaptar rapidamente arranjando “Quick-fixes” ao nível do IT para conseguirem assegurar um nível de continuidade de negócio.

Devemos agora potenciar o que aprendemos. Este será um momento ideal para testar e otimizar.

O teletrabalho terá sido a maior mudança pela qual a nossas organizações estão a passar , não só pela questão cultural mas também pelos desafios tecnológicos que estamos a enfrentar .

Percebemos de uma forma unânime que o teletrabalho veio para ficar. Muitos especialista consideram que não existirá mais um modelo rígido mas caminharemos para um modelo flexível. Conseguimos concluir que os espaços de trabalho estão em evolução constante e modificam-se para ambientes cada vez mais informais, confortáveis e, sobretudo, flexíveis.

O sucesso das empresas depende da capacidade de olhar para o futuro.

As organizações têm de se adaptar à mudança e acompanhar a evolução, devem apoiar a 100% a mobilidade e flexibilidade dos seus colaboradores, garantindo um ambiente de trabalho produtivo. Atualmente, já dispõem de tecnologias que permitem trabalhar remotamente: acesso a laptops, email, VPNs (Virtual Private Networks) ferramentas de Webconference e soluções de intranet corporativas, entre outras.

Existe ainda um factor que as organizações não devem descurar: a Segurança. Com o acréscimo de colaboradores a trabalhar remotamente, a exposição a vulnerabilidades aumentou. Casos como malware, phishing ou cibercrime tendem a ser mais frequentes em momentos de crise

Podemos também assistir a três tendências de tecnologia que estão a definir os negócios:

Mais Inteligência Móvel: a colaboração entre departamentos é cada vez mais móvel e depende cada vez mais de dispositivos móveis para aceder a qualquer tipo de informação. Mudança do paradigma da Comunicação: as organizações necessitam de uma ampla variedade de meios de comunicação e colaboração para criar ambientes de trabalho produtivos. O modelo de IT “As a Service” que veio colocar praticamente qualquer função do negócio ao alcance de qualquer equipa, independentemente do tamanho ou know-how técnico, preenchendo lacunas de tecnologia existentes nas organizações.

Na área do modern workplace, a DIGIBÉRIA, em parceria com a HP, tem vindo a desenvolver e a entregar soluções para muitos destes desafios atuais. Soluções com mobilidade, colaboração, segurança, e sustentáveis em todo o ciclo de vida. Este trabalho reforça a nossa liderança conjunta no mercado.

 

Hugo Oliveira

Business Developer Enterprise Solutions & Services DIGIBÉRIA

2020-12-10T11:23:44+00:00
Área de SuporteHome